Mulher é presa com armas que seriam usadas em resgate

A Polícia acredita ter evitado um resgate de presos na cidade de Osasco, na grande São Paulo. Uma das equipes de investigação do 75º Distrito Policial, no Jardim Arpoador, zona Oeste da capital paulista, detiveram, na noite de ontem, Wanessa Barbosa de França, de 22 anos, no interior da casa dela, na Rua Henrique Facchini, no mesmo bairro. Com a mulher os policiais apreenderam farta munição para diversos calibres, um fuzil, uma metralhadora e duas pistolas calibre 9mm, de uso exclusivo das Forças Armadas. A prisão ocorreu graças a uma denúncia anônima. Segundo a delegada plantonista do Jardim Arpoador, Rosimeire Calado, a suspeita detida confessou que lideraria uma ação de resgate no Centro de Detenção Provisória 1 de Osasco, onde está preso o seu marido, Aldo Afonso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.