Mulher é presa por apontar arma para crianças em Vila Velha

Revólver pertence a procurador da República; ela era faxineira na casa dele

Priscila Trindade, estadão.com.br

03 Agosto 2011 | 12h03

SÃO PAULO - Uma mulher foi presa nesta terça-feira, após correr atrás de crianças com uma arma na mão, no bairro Boa Vista, em Vila Velha, no Espírito Santo. A arma apreendida com ela pertence a um procurador da República. Maria A. O. trabalhava como faxineira na casa dele, segundo a Polícia Civil.

 

Os jovens afirmam que Maria saiu correndo atrás deles com a arma em punho mas, ao ver que uma viatura policial se aproximava, jogou a arma, um revólver calibre 38, na rua. Imagens das câmeras de monitoramento da Prefeitura de Vila Velha mostram a ação dela.

 

Maria foi presa por porte ilegal de armas e levada para o Departamento de Polícia Judiciária de (DPJ) da cidade. Ela disse que foi vítima de um assalto. As crianças afirmam que ela exigiu que um jovem comprasse drogas para ela. Por isso, ao vê-la, os menores saíram correndo e Maria foi atrás.

 

A Polícia Civil informou que o procurador, dono da arma, tinha viajado e deixado a chave de sua casa com a faxineira. Além da arma, ela furtou uma garrafa de uísque, uma carteira com R$ 16 e outros pertences. Maria foi levada para o Presídio Feminino de Tucum, em Cariacica.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.