Mulher é queimada com gasolina em Jundiaí

A dona de casa Marly Herreria, de 45 anos, teve 80% de seu corpo queimado hoje, na cozinha de sua casa, no Jardim Itália, em Jundiaí, a 60 quilômetros de São Paulo. Ao ser socorrida ela disse que ouviu um barulho no quintal e foi verificar. Então teriam aparecido assaltantes que tentavam arrombar a porta da garagem para levar o carro da família. Na fuga teriam jogado gasolina em Marly e ateado fogo.O delegado da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), José Antônio dos Santos, disse que o caso está muito complicado e não pode afirmar se houve mesmo tentativa de homicídio, pois a casa não tem sinais de arrombamento. Marly está internada no Hospital Paulo Sacramento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.