Mulher esfaqueia 4 pessoas em Santos

A ex-agente do programa de combate à Dengue, Cristina Peixoto Fagundes, 36, que prestava serviços à Prefeitura de Santos, no grupo conhecido como "Quarteirão da Dengue", foi presa na noite de ontem após esfaquear quatro pessoas em frente à casa onde mora, na Rua Amador Bueno, nº 397, no Paquetá, em Santos, litoral sul paulista.Desempregada e com 6 filhos para criar, Cristina sofreu um ataque de nervos e, por volta das 20h30 de ontem, feriu, primeiramente o vizinho, Paulo Souza dos Anjos, que todos os dias chegava bêbado em casa e a atormentava.Ao ver a mulher armada com um facão, o rapaz, bêbado, virou de costas e disse que ela podia golpeá-lo. A mulher não teve dúvida e cravou a lâmina nas costas de Paulo, que está internado em estado grave na Santa Casa de Santos, onde chegou com a faca ainda em seu corpo. O golpe foi tão forte que o cabo da faca se soltou da lâmina.A mãe de Cristina, Neilde da Silva Peixoto, 57, também em casa, foi tentar conter a filha, que já se apresentava armada com outra faca. Neilde foi atingida no braço esquerdo e em um dos pulmões e também foi levada em estado grave à Santa Casa. Na confusão a tia da mulher enlouquecida, Antonia Elisete Silva Peixoto, que mora ao lado, foi ferida em um dos braços, mas já está fora de perigo. Outro vizinho, Edmilson de Souza, pensando que conseguiria parar com a sessão de facadas, acabou atingido também nos braços e nas costas.A Polícia Militar foi chamada e conseguiu controlar Cristina e levá-la até o plantão policial do 3.º Distrito de Santos, onde está sendo indiciada por quádrupla tentativa de homicídio. Os filhos de Cristina serão entregues ao Conselho Tutelar de Santos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.