Mulher grávida cai em poço de elevador em Sorocaba

A dona-de-casa Valdirene Ferreira, de 20 anos, ficou gravemente ferida depois de cair no poço do elevador do Edifício Condomínio Miloca Pires, no centro de Sorocaba, no fim da tarde de ontem. Segundo os policiais a porta do elevador abriu sem que o equipamento estivesse no pavimento. A mulher caiu de aproximadamente 7 metros. De acordo com as informações obtidas pelos bombeiros Valdirene estava no segundo andar o que correspondente ao terceiro pavimento do prédio quando acionou o elevador. Ela teve a impressão de que o equipamento teria chegado e puxou a porta que se abriu. Quando tentou entrar no elevador Valdirene despencou.A mulher foi socorrida pela unidade de resgate dos bombeiros e levada em estado grave para o Hospital Regional de Sorocaba. Valdirene teve traumatismo craniano, perfuração do pulmão e ainda o olho direito perfurado, com perda de visão. Ela também perdeu o bebê de três meses de gestação. Hoje Valdirene passou por uma cirurgia para retirada de um dos rins. Seu estado é considerado grave. O acidente será investigado pela polícia. Normalmente, por medida de segurança, as portas dos elevadores ficam travadas enquanto o equipamento não chega ao pavimento acionado pelo usuário. O acidente pode ter ocorrido em razão de falha técnica. O prédio é comercial e servido por dois elevadores bastante antigos. O equipamento que causou o acidente foi interditado. A prefeitura fará uma vistoria no prédio na próxima segunda-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.