Mulher mata a namorada e suicida-se

O desentendimento entre duas mulheres, na residência da Rua Visconde de Inhaúma, 40, na Vila da Saúde, Zona Sul, resultou na morte de ambas. Segundo as primeiras conclusões da polícia, uma delas disparou contra a outra e suicidou-se em seguida. Segundo testemunhas, elas mantinham relacionamento amoroso. O motivo da briga de Luciana Aparecida da Silva Paschoal, de 28 anos, e Maria José da Silva, de 42, ainda não foi apurado por policiais do 16º DP ? Vila Clementino, onde o fato foi registrado como homicídio seguido de suicídio.Policiais militares da 3ª Cia do 12º BPMM encontraram as vítimas na sala, uma sobre a outra, com a arma do crime caída ao lado, próximo à mão de uma delas. As duas morreram logo depois de darem entrada no PS do Hospital São Paulo. Residente na mesma casa, Maria Ilsa Ferreira, de 41 anos, compareceu à delegacia e prestou depoimento, mas alegou nada saber sobre o ocorrido, pois estava ausente no momento dos fatos. O delegado Antonio Sucupira Neto instaurou inquérito e solicitou exames residuográficos ? que constata a existência de micropartículas de pólvora, quando se utiliza arma de fogo ? tanto das mãos das duas mortas, quanto da testemunha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.