Mulher mata bebê para se vingar do marido

Depois de discutir com o marido, na residência da Rua Prudente de Moraes, 1.468, no Jardim Ribamar, periferia da cidade litorânea de Peruíbe, em São Paulo, Renata Pereira da Silva Silvano, de 21 anos, resolveu vingar-se assassinando a filha do casal. A pequena Vitória Pereira Romualdo, de apenas 1 ano, foi morta com um golpe de faca na barriga e um profundo corte na garganta.O crime ocorreu na tarde de sábado. Em seu depoimento, o marido da homicida contou que, depois da discussão, saiu para caminhar pela redondezas e acalmar-se. Renata, enfurecida, apanhou uma faca de cozinha e golpeou a criança na barriga. Vitória começou a grita e ela, berrando para que se calasse, passou a lâmina pelo pescoço da menina, degolando-a.Vizinhos ouviram os gritos da bebê e da mãe. Resolveram, então, chamar a polícia. Quando os PMs chegaram, encontraram Renata na cozinha. Perguntaram pela filha e ela apontou para debaixo da pia. Ao verificarem, encontraram o cadáver da menina num saco plástico no local indicado. A mulher recebeu voz de prisão.No 2º DP de São Vicente, ela foi autuada em flagrante. A polícia constatou que não estava alcoolizada, nem sob o efeito de drogas. Indicava uma perturbação mental e afirmou que pretendia punir o marido. O crime foi cometido diante do outro filho do casal, de 3 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.