Mulher morre após inalar gás de geladeira

Gisele Kariline Souza, de 20 anos, morreu na noite de anteontem em Morro Agudo, região de Ribeirão Preto (SP), após inalar gás clorodifluorometano, altamente tóxico e usado em refrigeradores. O gás foi usado como entorpecente de efeito semelhante ao lança-perfume durante uma festa entre amigos. A Polícia Civil investiga o caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.