Brigada Militar/Divulgação
Brigada Militar/Divulgação

Mulher morre após ser atropelada e arrastada por mais de 100 metros no RS

Maria Senia Frolich caminhava na Avenida 25 de Julho, na cidade de Dois Irmãos, no Vale dos Sinos, quando foi atingida por motorista com sinais de embriaguez

Luciano Nagel, Especial para o Estado

02 Dezembro 2016 | 11h43

DOIS IRMÃOS - Uma mulher morreu após ser atropelada e arrastada por mais de 100 metros na noite desta quinta-feira, 1º, no município do Dois Irmãos, na região do Vale dos Sinos, a cerca de 50 quilômetros da capital gaúcha. Segundo a polícia, a vítima foi identificada como Maria Senia Frolich, de 55 anos.

A mulher foi atropelada enquanto caminhava, por volta das 23 horas, na Avenida 25 de Julho, no bairro Floresta, e o corpo foi arrastado até a Travessa 29 de Setembro. O condutor do veículo Renault Sandero, com placas do município, fugiu sem prestar socorro.

Maria foi levada para atendimento no posto 24 horas da cidade e, por causa de seu estado de saúde, foi transferida para o Hospital de Pronto Socorro em Canoas, na região metropolitana. A vítima não resistiu aos ferimentos e faleceu por volta das 03h30 desta sexta-feira, 2.

O motorista foi detido horas depois do atropelamento, após a Brigada Militar identificar o veículo por meio de imagens das câmeras de segurança. Guilherme Paulo Paetzhold, de 27 anos, estava escondido em uma residência e apresentava sinais de embriaguez. O rapaz foi preso em flagrante e seu veículo foi localizado e apreendido no pátio da casa. 

A ocorrência foi registrada na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento, em Novo Hamburgo, no Vale dos Sinos. O condutor será indicado por homicídio culposo, fuga do local do acidente e embriaguez, sem direito a fiança.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.