Mulher morre após tentativa de assalto no Rio

A fonoaudióloga Rita de Cássia Linhares, de 38 anos, foi assassinada com uma coronhada na cabeça e um tiro no tronco, no sábado à noite, na porta de sua casa em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Segundo testemunhas, o assassino já teria tentado assaltá-la na semana passada, mas naquela ocasião estava desarmado e fugiu diante da resistência da mulher.No sábado, Rita chegava do supermercado com o marido e duas filhas quando foi abordada. De acordo com a família, ela reagiu novamente e não quis entregar a bolsa ao bandido. O assassino derrubou-a no chão, baleou-a e fugiu em um carro Uno, cujo placa não foi anotada, com mais dois homens. A fonoaudióloga morreu no Hospital Municipal Duque de Caxias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.