Mulher morre atropelada por trem em SP

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) registrou mais um atropelamento com morte em linha férrea de responsabilidade da empresa esta manhã em São Paulo. O caso aconteceu por volta das 9h30, no trecho identificado como Recanto dos Humildes, entre as Estações Perus e Jaraguá, na zona oeste da capital paulista. Segundo a assessoria de imprensa da CPTM, uma senhora tentou atravessar a linha férrea por uma passagem clandestina e acabou sendo colhida pela composição UA-41, que fazia o trajeto da linha A, entre o Brás, zona leste da cidade, e Francisco Morato, município da Grande São Paulo.A vítima, identificada como Rosa Barbosa de Campos, de 72 anos, morava em Pirituba. Ela chegou a ser levada pela equipe de resgate do Corpo de Bombeiros para o Pronto-Socorro de Perus, mas não resistiu. Apesar do acidente, o tráfego ferroviário não chegou a ser interditado e está funcionando normalmente. A CPTM informa que só este ano 96 pessoas foram atropeladas ao longo da malha ferroviária administrada pela companhia. Desse total, 44 pessoas morreram e 52 ficaram feridas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.