Divulgação
Divulgação

Mulher morre durante voo e avião faz pouso de emergência em Confins

Maria Vieira da Silva, de 38 anos, viajava com três filhos de Guarulhos (SP) a Fortaleza (CE) quando passou mal

Marcelo Portela, O Estado de S. Paulo

26 de fevereiro de 2015 | 15h34


BELO HORIZONTE - A morte de uma mulher durante um voo obrigou uma aeronave da Avianca a fazer pouso de emergência no Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte nesta quinta-feira, 26. Maria Vieira da Silva, de 38 anos, viajava com três filhos no avião que saiu de Guarulhos (SP) às 7h com destino a Fortaleza (CE) quando passou mal.

Pouco após a decolagem do avião, as comissárias avisaram o piloto sobre o fato e o comandante optou por alterar a rota para Confins, onde a aeronave pousou às 8h45. Os passageiros tiveram que aguardar até que uma equipe do Instituto Médico-Legal da Polícia Civil mineira recolhesse o corpo, que foi encaminhado para perícia para confirmar a causa da morte. A previsão é de que a liberação ocorra ainda na noite desta quinta.

Os três filhos da mulher - duas meninas de 4 e 14 anos e um menino de 12 - foram encaminhados ao posto do Juizado da Infância e da Juventude no terminal de Confins, onde foram atendidos por psicólogos para aguardar a chegada de parentes que saíram do Ceará, para onde a família estava se mudando. Os demais passageiros do voo em que a vítima estava continuaram a viagem em outra aeronave.

Tudo o que sabemos sobre:
AviancaConfinsBelo HorizonteFortaleza

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.