Mulher passa mal e é atropelada pelo metrô em Belo Horizonte

Vítima foi levada ao hospital em estado gravíssimo e passou por cirurgias; metrô investiga as causas do acidente

Eduardo Kattah, O Estado de S. Paulo,

17 Agosto 2009 | 15h57

Uma mulher de 34 anos foi atropelada por um trem do metrô na manhã desta segunda-feira, 17, após sentir-se mal e cair nos trilhos da Estação Eldorado, em Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte.

 

Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima, identificada como Márcia Martins do Nascimento, caiu entre dois trilhos e foi atingida na cabeça pelo trem. Ela foi levada em estado gravíssimo para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, onde foi submetida a uma cirurgia para a amputação de um dos pés, que havia sofrido esmagamento.

 

A assessoria de comunicação da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) informou que a vítima sofreu um corte profundo na cabeça e lesão de bexiga. Ela permanecia internada em estado grave no CTI do hospital.

 

Testemunhas disseram que a mulher passou mal, ultrapassou a linha amarela de segurança e se desequilibrou quando o trem se aproximava da estação. Em nota, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) informou que estava investigando o acidente.

 

A vítima foi atingida por um trem vazio que se aproximava da plataforma para realizar o embarque de passageiros. "A composição estava a 30 km/h e o sistema de emergência - que opera a frenagem de toda a composição - foi acionado pelo condutor", afirmou a CBTU.

 

Conforme a companhia, o acidente ocorreu às 7h50, durante o horário de pico. O Corpo de Bombeiros registrou a ocorrência às 8h51. Oito viagens tiveram que ser canceladas. O sistema foi normalizado por volta de 8h20, segundo a CBTU.

Mais conteúdo sobre:
metrô Belo Horizonte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.