Mulher pula janela para fugir de assalto em Campinas

Uma advogada de 32 anos, moradora do bairro de classe média Jardim Santa Marcelina, em Campinas, pulou uma janela de cerca de dois metros de altura e fraturou o quadril ao perceber que quatro ladrões haviam invadido sua casa, ontem de manhã. Ela foi medicada e passa bem. Os criminosos fugiram, mas dois deles acabaram presos pela Polícia Civil.O menor O.A.S., de 17 anos, e Carlos Eduardo dos Santos Matos, de 27, foram detidos nas proximidades da favela da Vila Brandina, ontem à tarde, depois de serem perseguidos. Os policias localizaram na favela a picape utilizada no assalto e identificada pelas vítimas. Os quatro bandidos aproveitaram um descuido do jardineiro da família, que deixou os portões da casa abertos, e entraram na residência, por volta das 9h20. Fizeram o jardineiro e mais dois moradores como reféns na sala, ameaçando-os com uma pistola 7.65. A advogada entrou no cômodo e, assustada com a cena, acabou se jogando pela janela. Os assaltantes também se assustaram, pegaram alguns objetos rapidamente e deixaram o local fugindo com a picape. Bombeiros foram acionados para socorrer a advogada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.