Mulher sem habilitação atropela e mata duas pessoas

Duas pessoas, entre elas uma adolescente de 16 anos, morreram e outras quatro ficaram feridas após serem atropeladas na tarde deste domingo, 20, por uma mulher que aprendia a dirigir. Sem habilitação, Rosemeire Ferreira de Souza, de 31 anos, guiava o carro, modelo Gol, no bairro Jardim da Glória, em Vespasiano, região metropolitana de Belo Horizonte, mas perdeu a direção do veículo e avançou sobre a calçada, atingindo as seis pessoas. O proprietário do Gol, Messias Alves Pacheco, de 62 anos, habilitado, disse à Polícia Militar que estava ensinando Rosemeire a dirigir. Ele e a mulher sofreram apenas escoriações. Sarah de Almeida Freitas, de 16 anos, foi atingida pelo automóvel e morreu no local. Outra vítima, Maria das Dores Gomes Ferreira, de 45 anos, foi internada no Hospital João XXIII, em Belo Horizonte, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu na madrugada desta segunda-feira, 21. Duas vítimas permaneciam internadas na capital mineira até esta tarde e outras duas já haviam recebido alta. Conforme testemunhas, o grupo voltava de um culto evangélico. O carro, que descia a rua, ficou com a frente parcialmente destruída e um pneu traseiro estourou. Rosemeire e o proprietário do veículo prestaram depoimento no 2º Distrito Policial de Vespasiano. Eles irão responder em liberdade por homicídio culposo. Pacheco teve o veículo e a carteira de motorista apreendidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.