Mulher será indenizada em R$ 40 mil por queimaduras sofridas em ataque a ônibus no RJ

Francisca Adriana Souza foi vítima de um ataque incendiário no bairro da Penha, em 2005

estadão.com.br,

28 Novembro 2011 | 09h45

SÃO PAULO - O Estado do Rio de Janeiro deverá indenizar em R$ 40 mil uma mulher que sofreu queimaduras durante um ataque incendiário a um ônibus, no bairro da Penha, em 2005. Ela ficou internada por um período de 15 dias, além de ser afastada de suas atividades profissionais por cerca de quatro meses.

Francisca Adriana Souza teve queimaduras de segundo grau em um dos ataques incendiários a ônibus, provocados por moradores em retaliação à morte de um suposto traficante de drogas da localidade. Ela estava dentro de um coletivo da linha 350, que fazia o percurso Passeio - Irajá e quando o ônibus passava pela Rua Irapuá, um grupo de pessoas fez sinal para que o coletivo parasse, sendo atendido pelo motorista.

Segundo Francisca, parte do grupo entrou no veículo e começou a incendiar o coletivo, ordenando que seu condutor mantivesse as portas fechadas. Ela ainda afirma que os passageiros tentaram sair do ônibus, porém, as janelas estavam emperradas e não abriram, provocando morte e ferimentos de alguns passageiros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.