Mulher tenta entrar em presídio com granada dentro do corpo

Explosivo que pretendia entregar ao marido estava enrolado com fita isolante, dentro de um preservativo

da Redação,

29 de abril de 2008 | 13h33

Joseane Luís Barbosa, de 33 anos, foi presa ao tentar entrar no presídio de segurança máxima em João Pessoa (PB), nesse domingo, 27, com uma granada dentro do corpo, segundo informações da Secretaria de Estado da Cidadania e Administração Penitenciária.  O explosivo estava enrolado com fita isolante, dentro de um preservativo, e foi encontrado durante a revista íntima. A mulher pretendia visitar o marido, José Antônio Vieira da Silva, que cumpre pena por tráfico de drogas. Os policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais tiveram de ser chamados para detonar a granada. Uma outra mulher também foi flagrada com um telefone celular na vagina. Ela foi proibida de visitar o marido na penitenciária por seis meses.  

Mais conteúdo sobre:
presídioJoão Pessoa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.