Multa a piloto é a maior já aplicada em Guarulhos

A multa de R$ 36 mil imposta ao piloto da American Airlines Dale Robbin Hersh, preso ontem por desacatar policiais federais no aeroporto de Guarulhos, fazendo um gesto obsceno durante o fichamento de cidadãos norte-americanos, foi a maior já imposta na Justiça Federal de Guarulhos. O cheque da companhia foi trocado hoje de manhã por dinheiro e o passaporte de Hersh, devolvido a advogados da empresa, oque permitiu o embarque do piloto de volta aos Estados Unidos. O valor de R$ 36 mil foi revertido, por sugestão do procurador daRepública Matheus Baraldi Magnani, para o asilo São Vicente de Paulo, em Guarulhos. O crime de desacato tem pena de até dois anos de prisão, o que permite a transação penal. Nessa espécie de acordo épossível aplicar a pena imediatamente, suspendendo o processo convencional pela imediata aplicação de uma pena alternativa. As informações são do site da Procuradoria Geral da República

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.