Multidão ameaça linchar assassino de casal de namorados

Uma multidão exigindo vingança se concentrou no início da noite desta terça-feira na porta do fórum de Embu-Guaçu, na Grande São Paulo, onde o adolescente acusado participar das mortes do casal de namorados Liana Friedenbach, de 16 anos, e Felipe Silva Caffé, de 19 anos, estava depondo. Quando a Polícia Militar tentou retirar o jovem do local, a população gritava: ?Uh, mata ele, uh mata ele?.Moradores chegaram a apedrejar um carro da PM. Policiais militares jogaram bombas de gás e dispersaram os manifestantes por alguns momentos. Quando um outro carro da polícia saiu do fórum a população seguiu correndo atrás do veículo gritando por Justiça. O sentimento entre os manifestantes era que o criminoso deveria ser linchado. ?A polícia devia ter jogado ele aqui no meio de nós, teríamos feito justiça? disse o José Roberto da Silva, de 51 anos, ao lado da neta.O adolescente prestou depoimento durante sete horas e esteve o tempo todo acompanhado pela mãe. O promotor da Vara da Infância e Juventude, Marcos Patrick Oliveira Martins, que acompanhou o depoimento, não quis se pronunciar. ?É segredo de justiça?, disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.