Museu reabre 4ª, mas sem reforço na segurança

O presidente do Masp, Júlio Neves, antecipou a reabertura do museu para a próxima quarta-feira, o que indica que o trabalho da Polícia Civil no museu já está concluído. Nota do superintendente do museu, Fernando Pinho, divulgada na quinta-feira, após o furto das obras de Picasso e Portinari, informava que "o Masp estará fechado e assim permanecerá até a finalização da perícia policial". A instituição não terá aumento do efetivo de segurança (60 homens, segundo o museu, trabalham em regime de rodízio na ronda do prédio) e também nenhum novo equipamento (como alarmes ou sensores).O museu funciona da seguinte forma: nas quintas-feiras, das 11 às 20 horas; terças, quartas, sextas, sábados, domingos e feriados, até 18 horas (a bilheteria fecha com uma hora de antecedência). Os ingressos custam R$15 (inteira) e R$ 7 (estudante com identificação da instituição). Às terças, é gratuito - grátis também para menores de 10 e maiores de 60 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.