Na Bahia, adolescente de 14 anos atropela e mata irmã de 9

Pais das crianças podem ser incriminados pelo acidente; menino pegou o carro sem que os pais percebessem

Tiago Décimo, de O Estado de S. Paulo,

29 de setembro de 2008 | 16h00

Aproveitando um descuido dos pais, um adolescente de 14 anos ligou o carro da família, um Kadett, e acabou atropelando a irmã, Ariane de Souza Ferreira, de 9 anos, em Camaçari (BA), região metropolitana de Salvador, no início da noite de domingo. A menina foi encaminhada ao Hospital Santa Helena, mas não resistiu aos ferimentos.   O garoto prestou depoimento na manhã desta segunda-feira, 29, na 18.ª Delegacia, e foi liberado em seguida. Segundo a polícia, ele alegou ter pegado a chave do carro sem que os pais tenham percebido e ligou o carro, que disparou e atingiu a menina. O acidente aconteceu na frente da casa da família, no bairro de Buri Satuba, por volta das 18h30.   Na terça-feira, devem ser ouvidos os pais do adolescente e, ao longo da semana, outras testemunhas do acidente e vizinhos da família. A polícia espera descobrir como o jovem teve acesso à chave do veículo e pode indiciar os pais do jovem pela morte de Ariane. Eles não quiseram comentar o ocorrido.   Segundo agentes, há informações, fornecidas por denúncias anônimas, de que não foi a primeira vez que o garoto pegou o carro dos pais e que ele já teria sido visto dirigindo o veículo pelas ruas do bairro.   Atualizado às 19h18 para acréscimo de informações

Tudo o que sabemos sobre:
acidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.