Na Berrini liberada, fila dupla de fretados

Novo ponto na Oscar Freire para embarque no metrô gerou dúvidas

Renato Machado e Felipe Grandin, O Estadao de S.Paulo

30 Julho 2009 | 00h00

A Prefeitura promoveu ontem novas mudanças em pontos de fretados. As principais foram a volta desses ônibus à Avenida Luís Carlos Berrini e as alterações no ponto da Estação Sumaré do Metrô. No caso da zona oeste, embarcam e desembarcam ali cerca de 2 mil pessoas diariamente e as calçadas da Avenida Doutor Arnaldo eram insuficientes. Nas tardes de segunda e terça, muitas pessoas precisaram esperar os ônibus na via, perto dos veículos. Por causa disso, a Prefeitura criou um novo ponto na outra saída do metrô, na Rua Oscar Freire. Cada lado vai receber cerca de 60 coletivos. Na noite de anteontem, no entanto, os usuários não sabiam em qual ponto o fretado iria parar. Os técnicos da São Paulo Transportes (SPTrans) informavam que as pessoas embarcariam no mesmo local em que desceram pela manhã. FILAS Autorizados pela Prefeitura a circular novamente na Berrini, os fretados formaram ontem à tarde uma fila em quase toda a extensão da via, no horário de pico. Os veículos disputavam espaço com o ônibus urbanos, fechavam as saídas das garagens e formavam uma longa fila dupla na via, no sentido centro. Foram adotados três pontos especiais na via. "Era um caos, mas agora ficou pior", afirmou a administradora Carla Gontijo, de 32 anos, que tentava sair com o veículo da garagem da empresa onde trabalha, ao lado de um dos novos pontos. Antes da restrição, os ônibus paravam em várias ruas paralelas. Agora, todos se concentram na via. Mas o recuo na restrição foi comemorada pelos passageiros de fretados. "Do jeito que estava não dava para continuar", disse o analista de seguros José dos Santos, de 41 anos, que mora em São Mateus e trabalha na região. "Não voltou a ser como era, mas pelos menos está perto do trabalho."

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.