Na mira da Ficha Limpa, Roriz sai na frente no DF

A corrida pelo governo do Distrito Federal, aplacado pelo chamado "mensalão do DEM", tem à frente um candidato que pode ser barrado pela Lei da Ficha Limpa. De acordo com a pesquisa Ibope/Estado/TV Globo divulgada ontem, o ex-governador Joaquim Roriz (PSC) aparece em primeiro lugar, com 38% das intenções de voto.

ROBERTO ALMEIDA, O Estado de S.Paulo

31 de julho de 2010 | 00h00

Para a procuradoria eleitoral do DF, Roriz renunciou em 2007 para escapar de uma cassação e está inelegível até 2018. A decisão sobre sua candidatura, no entanto, cabe à Justiça Eleitoral.

Em segundo lugar aparece o ex-ministro do Esporte Agnelo Queiroz (PT), com 27% das intenções de voto. Toninho (PSOL) marcou 1%.

Há 19% de eleitores indecisos e 14% que votariam em branco ou anulariam. A margem de erro é de dois pontos para mais ou menos. A pesquisa, com 1.610 eleitores, entre os dias 26 e 29, foi registrada no TRE-DF sob protocolo 22815/2010 e no TSE (20796/2010).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.