Na volta do feriado, Castelo tem o pior índice de lentidão

Rodovia registrou 33 km às 18h30; enquanto isso, situação foi tranquila para quem retornou do litoral

Daniela do Canto e Renato Machado, O Estadao de S.Paulo

15 de junho de 2009 | 00h00

Assim como na saída para o feriado prolongado na quarta-feira passada - quando São Paulo registrou um recorde de 293 quilômetros de vias congestionadas -, os paulistanos também enfrentaram lentidão na volta, ontem, tanto nas estradas como na cidade. A pior lentidão foi registrada na Rodovia Castelo Branco, no sentido do interior do Estado para a capital, por volta das 18h30: 33 km.Os principais pontos de congestionamento da Castelo foram entre o km 64 e o km 40 (região de Mairinque), do 34 ao 28 (entre Jandira e Itapevi) e do 16 ao 13 (na chegada a São Paulo). Outra rodovia que apresentou problemas foi a Presidente Dutra, que liga o Rio de Janeiro a São Paulo, já perto da capital paulista. A Ayrton Senna também apresentou 8 km de congestionamento. Essas duas rodovias foram afetadas em grande parte pelo movimento de paulistanos que passaram o feriado na região de Campos do Jordão. Segundo o Comando de Policiamento Rodoviário, a Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiros - que liga Campos do Jordão a Taubaté - teve congestionamento em praticamente todo o trajeto entre as duas cidades. A continuação para a capital é feita tanto pela Ayrton Senna como pela Dutra.O Sistema Anhanguera-Bandeirantes apresentou movimento intenso no sentido capital, principalmente nas proximidades de Jundiaí. A Bandeirantes apresentou 12 km de congestionamento - entre o km 62 e o km 54. A única rodovia que teve lentidão causada por acidente foi a Raposo Tavares, do km 22 ao km 18, onde houve um engavetamento, que não deixou vítimas.A situação foi melhor nas estradas que seguem para o litoral. A chegada do frio reduziu em 22,9% o movimento rumo à Baixada Santista durante o feriado de Corpus Christi. A concessionária Ecovias registrou 191 mil veículos no sentido litoral entre quarta-feira da semana passada e ontem, ante 222 mil no dia 1º Maio. Do total de veículos que desceu a serra, aproximadamente 172 mil já haviam retornado até as 17h e, por isso, o movimento foi intenso, mas não houve pontos de congestionamento no Sistema Anchieta-Imigrantes.O trânsito também esteve complicado dentro da capital, principalmente na Marginal do Tietê, que chegou a registrar 17 km de congestionamento por volta das 19h30. Também houve lentidão no início da noite nas ruas do centro, por causa do final da Parada Gay, principalmente na Rua da Consolação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.