Namorada refém convence adolescente a se entregar

Durou mais de seis horas, nesta terça-feira, o drama da caixa Zuleica Jesus de Lima, que trabalha há três meses na loja da Farmácias Santana da Estação Rodoviária deSalvador. Ela foi libertada depois de ser tomada como refém pelo adolescente de R.B., de 17 anos, conhecido como Kiko, que a ameaçava com uma faca peixeira.O rapaz só concordou em se entregar por volta das 16h10, depois de conversar durante 40 minutos com a namorada e a prima Priscila, de 18 anos. A mãe de Kiko, Maria das Graças Barbosa, foi trazida pela polícia de sua cidade natal, Irará, no interior baiano, para tentar convencer o filho a se entregar, mas não pôde conversar com o adolescente, pois entrou em estado de choque ao chegar à rodoviária e ver o aparato policial cercando a farmácia.Kiko está fazendo tratamento para deixar asdrogas e decidiu invadir a farmácia porque se sentia desprezado pelos familiares. Apóslibertar a refém, ele foi conduzido para a Delegacia do Adolescente Infrator. Zuleica nãose feriu, mas foi levada para um hospital por ter ficado em estado de choque com o episódio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.