''Não consegui me despedir de minha filha''

Mãe de assessora da Petrobrás Adriana van Sluijs apenas conseguiu ligar

Nicola Pamplona, O Estadao de S.Paulo

02 de junho de 2009 | 00h00

Pelo menos três funcionários da Petrobrás estavam no voo AF 447, que desapareceu no fim da noite de domingo. A companhia não divulgou oficialmente os nomes, mas familiares confirmaram que o engenheiro Hilton Jadir de Souza, de 50 anos, e a jornalista Adriana Francisca van Sluijs, de 40 anos, embarcaram no avião. O gerente da empresa no Irã, Eduardo César Moreno, também teria embarcado."Estamos muito chocados, mas permanecemos com esperança. Para Deus, nada é impossível", disse Jorge Ferreira de Souza, um dos irmãos de Hilton.Nascido em Montes Claros (MG) e radicado na capital fluminense há 20 anos, o engenheiro era casado e tinha dois filhos. Hilton ligou para seus pais no último fim de semana, dizendo que viajaria a Berlim e lhes faria uma visita assim que voltasse, conforme relatou seu irmão.Torcedor fanático do Cruzeiro, Hilton esteve pela última vez em Montes Claros no fim de fevereiro, antes de seguir para Belo Horizonte para assistir à vitória do seu time sobre o Estudiantes, da Argentina, pela Taça Libertadores da América. Filho de José Norberto Silveira, de 81 anos, e de Maria Raimunda de Souza, de 72 anos, Hilton é membro de uma família de oito irmãos.INFORMAÇÕESJá Adriana estava a caminho da Coreia, onde participaria de um evento, no qual deveria representar a Assessoria de Imprensa da área internacional da Petrobrás. "Não consegui me despedir da minha filha. Liguei para ela, desejei boa viagem. Estou travada e ainda não consegui chorar", contou, ainda de manhã, a mãe de Adriana, a professora Vasthi Ester, de 70 anos.Não há informações oficiais sobre o destino de Moreno, que atua no escritório da Petrobrás no Irã. A estatal preferiu não confirmar os nomes dos funcionários que estavam no voo da Air France até a divulgação da lista oficial dos passageiros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.