''Não estamos indiferentes'', diz senador francês

O presidente do Senado francês, Gérard Larcher, que depositou ontem na Baía de Guanabara uma coroa de flores em homenagem aos mortos no voo AF 447, afirmou que não acredita na necessidade da criação de uma comissão parlamentar de inquérito ou de uma missão de informação do parlamento francês para acompanhar as apurações sobre as causas do acidente aéreo."Até o momento, nosso sentimento é de que tudo tem sido conduzido de forma correta pelo BEA (Escritório de Investigações e Análises sobre a Aviação Civil da França)", disse o senador.Segundo ele, uma eventual investigação parlamentar ficaria a cargo da Comissão de Relações Econômicas do Senado, que poderia questionar o governo francês. "Não estamos indiferentes; esperamos por análises técnicas e dados precisos."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.