Não há problema na geração de energia, diz diretor de Itaipu

Jorge Samek afirma que apagão não é resultado de falta de infraestrutura; 'estamos em uma situação tranquila'

estadao.com.br,

11 Novembro 2009 | 10h44

O diretor-geral da usina hidrelétrica de Itaipu, Jorge Samek, garantiu nesta quarta-feira, 10, que o apagão que atingiu boa parte do País na terça não é resultado de falta de infraestrutura. "Do ponto de vista de geração de energia, não ocorreu problema nenhum. Estamos em uma situação tranquila neste sentido, prontos para suportar o crescimento econômico", afirmou Samek em entrevista à GloboNews, enquanto voava para Brasília para discutir o incidente com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e com o ministro de Minas e Energias, Edison Lobão.

 

Veja também:

mais imagens  Imagens do blecaute que atingiu o Brasil

lista Conheça o histórico dos grandes apagões brasileiros

linkConfira a situação do trânsito em SP pós-blecaute

lista Leia a cobertura completa sobre o blecaute 

Segundo o diretor de Itaipu, o blecaute foi causado por problemas na rede de transmissão. "Toda a energia, de repente, passou a não ser transmitida na rede", afirmou.

Também nesta quarta, o secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, disse que o apagão foi causado pela queda de três linhas de transmissão que transportam energia de Itaipu. Itaipu não registrou nenhum tipo de pane em suas instalações e ainda não tem informações sobre o que teria provocado o blecaute.

 

A hidrelétrica voltou a operar em condições de normalidade às 6 horas desta quarta-feira. Dezoito unidades geradoras produzem energia para o Brasil e o Paraguai. O País recebe agora 9.800 MW de energia produzida por Itaipu. Somando os 650 MW de energia transmitidos para o Paraguai, a usina produz ao todo 10.450 MW.

Mais conteúdo sobre:
apagao2009

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.