"Não houve matança em São Paulo", assegura Lembo

O governador de São Paulo, Claudio Lembo (PFL), ressaltou nesta segunda-feira, 22, que inocentes podem ter sido mortos em São Paulo desde que o Estado foi assolado pela violência há pouco mais de uma semana. Em entrevista na sede do governo paulista, Lembo, porém, negou que tenha ocorrido matança. "Matança em São Paulo, jamais", assegurou ele.Lembo disse ainda que, a partir da investigação dos técnicos do Instituto Médico Legal (IML), o governo "vai poder tomar outras decisões". O governador, porém, não deu detalhes sobre quais medidas podem vir a ser tomadas no Estado na área de segurança pública.Nesta tarde, o Ministério Público Estadual determinou que as polícias Civil e Militar divulguem a lista integral com o nome dos 109 mortos em confrontos com policiais desde a noite de sexta-feira, dia 12. O IML também foi requisitado a apresentar, em cinco dias, os laudos periciais relativos a estas mortes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.