Natal de SP promete ter mais brilho neste ano

Este Natal promete ser mais iluminado do que o do ano passado, quando o racionamento deenergia tirou o brilho das ruas. Shoppings e centros comerciais já dão uma prévia do clima que tomará a capital. Juntos, eles gastaram mais de R$ 15 milhões para enfeitar a cidade, comárvores gigantes, bonecos de Papai Noel, personagens de Disney e de histórias em quadrinhos, muita criatividade e 1,5 milhão demicrolâmpadas.O Natal do Shopping Iguatemi consumiu, neste ano, R$ 2,5 milhões. O decorador Juarez Fagundes criou um vilarejo europeu com 37 bonecos. A cada 30 minutos, o cenário todo se movimenta ao som de músicas natalinas. "Trabalho com aidéia de que qualquer um pode ser Papai Noel, por isso não uso ícones religiosos, mas bonecos que parecem humanos. Acho que isso aproxima o público do clima do Natal", diz.Há, ainda, apresentações do grupo Trovadores Urbanos. Na fachada, 700 mil lâmpadas e dois simpáticos bonecos do Papai Noel, de 8 metros de altura, chamam a atenção de quem passa.No Pátio Higienópolis, a empresária Cecília Dale trouxe brinquedos antigos, como locomotivas de ferro, um autêntico trenó do início do século da Alemanha e um casarão inglês, habitado por bonecos eletrônicos.O Morumbi Shopping investiu R$ 4,5 milhões. Quem passar pelos corredores do shopping, a partir do dia 25, cruzará com um dos mais de 50 soldados de lata tocando instrumentos musicais. As duas árvores foram enfeitadas com 1.734 laços e 285 milmicrolâmpadas. Nas alamedas, 195 cascatas de luz, 43 guirlandas e 1.236 festões. "Acreditamos que a decoração faz a diferença", diz Doris Weinberg, superintendente do shopping.Alguns centros comerciais apelaram para personagens já conhecidos pela garotada. O Centro Comercial Leste Aricanduva, formado pelos shoppings Leste Aricanduva, Auto Shopping SãoPaulo e Interlar Aricanduva, comemora o Natal com os bonecos originais de Disney: Mickey, Minnie, Pato Donald e Pateta. No Shopping Metrô Tatuapé, as crianças podem se divertir com a Turma da Mônica.Nas ruas, lojas e restaurantes também chamam a atenção de quem passa, como o Giardino, em Moema, ou a Kitchens, na Faria Lima, transformada em uma catedral, com vitrais que contam cinco momentos do nascimento de Jesus. A Rua Normandia volta adivertir o público com uma máquina de fazer "neve". Mais de 100 mil pessoas são esperadas até 23 de dezembro. As atrações incluem corais e bandas, de quinta-feira a domingo, a partir das 18 horas. Os organizadores pedem doações de alimentosnão perecíveis e brinquedos para crianças da periferia.Na Rua Teodoro Sampaio, em Pinheiros, um presépio em tamanho natural foi confeccionado com 30 mil garrafas de refrigerante.Alguns shoppings aproveitam a data paradivulgar campanhas sociais. No D&D, árvores criadas por famosos, como Ana Maria Braga, estarão à venda a partir de quinta-feira,com verba revertida para o Centro Voluntariado de São Paulo.Assinada pela arquiteta Ana Paula Devechi, a árvore das "Mães da Sé" foi decorada com fotos de crianças desaparecidas.O Shopping SP Market, em parceria com a Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, vai ceder espaço para queONGs que lidam com o tema divulguem seus trabalhos. A decoração tem como tema O Natal da Floresta Brasileira e traz cenários decerrado, mata atlântica, Pantanal e Amazônia. Duas árvores de Natal são enfeitadas com bichos ameaçados de extinção.Na Maratona da Solidariedade, do Shopping Butantã, 4 mil alunos de colégios da região arrecadão alimentos, material escolar e produtos de higiene para cerca de 1.200 pessoasatendidas em seis entidades. Mais de 30 personalidades produziram guirlandas que serão expostas no Shopping Lar Center e leiloadas, no dia 19 de dezembro.

Agencia Estado,

19 de novembro de 2002 | 21h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.