Naufrágio de navio empurrador de balsas deixa onze desaparecidos no Pará

Embarcação navegava no Rio Amazonas, nas proximidades de Óbidos, no Pará, e tinha onze tripulantes

Marcos Moraes, Especial para O Estado de S. Paulo

02 Agosto 2017 | 18h39

MANAUS - Nove pessoas estão desaparecidas após naufrágio de um navio empurrador de balsas nas proximidades do porto de Óbidos, no Pará, a 1.100 quilômetros de Belém. Segundo a Marinha do Brasil, onze pessoas estavam a bordo da embarcação e apenas duas foram resgatadas.

A embarcação da empresa Bertolini Transportes colidiu com o navio Mercosul Santos na madrugada desta quarta-feira, 2. O navio deixou o porto de Suape, em Pernambuco, com destino a Manaus, enquanto o comboio da Bertolini partia de Porto Velho, em Rondônia, rumo ao município de Santarém.

Segundo a Marinha, uma equipe da capitania fluvial de Santarém foi enviada ao local para apoio nas buscas e apuração das possíveis causas do acidente. A Polícia Militar também terá equipe especial para auxiliar nas buscas. 

A Marinha informou ainda que um inquérito administrativo será instaurado. A Bertolini divulgou uma lista com nomes das pessoas envolvidas no naufrágio do empurrador da empresa.

Confira: 

Carlos Eduardo Bueno de Souza

César Lemos da Silva

Cleber Rodrigues Azevedo

Dárcio Vânio Rego

Dick Farney de Oliveira

Euclinger da Silva Costa

Ivan Furtado da Gama

Juraci dos Santos Brito

Wandel Ferreira de Lima

Mais conteúdo sobre:
naufrágio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.