Naufrágio mata pelo menos 11 no Amazonas

O Instituto Médico Legal do Amazonas (IML) já identificou dez das 11 vítimas fatais do náufrágio do barco Princesa Laura, ocorrido no final da tarde deste domingo próximo à Praia do Tupé, a cerca de 30 quilômetros de Manaus. Das vítimas, a grande maioria era de jovens abaixo de 20 anos, que voltavam do fim de semana do município de Barcelos, a cerca de 400 quilômetros de Manaus. Entre os 11 mortos confirmados, nove eram jovens, inclusive uma criança de 3 anos e outra de 6 anos. Segundo testemunhos de alguns dos sobreviventes, o barco foi atingido por um temporal e uma forte rajada de vento que o tombou para o lado direito. A Capitania dos Portos e o Corpo de Bombeiros continuam no local e acredita-se que ainda haja alguns corpos dentro dos camarotes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.