Naufrágio no AM deixa um morto e dois desaparecidos

Uma pessoa morreu e duas estão desaparecidas após um naufrágio em Manaus. Na noite de sexta-feira, um barco que levava turistas para pescar naufragou na costa do Caruri, a cerca de 30 km do Rio Solimões e nas proximidades da Ilha dos Mouras, após uma tempestade. Além da tripulação, estavam a bordo da embarcação, de nome Quatro Netos, três funcionários do Banco do Brasil de Brasília e um de Manaus. A Marinha recebeu o pedido de socorro às 22h. Quatro pessoas foram resgatadas com vida e às 11h da manhã um corpo foi encontrado preso ao barco. Outras duas pessoas continuam desaparecidas.O acidente teria ocorrido por volta das 20h30 de sexta-feira. A equipe de resgate da Marinha chegou ao local às 23h30 e conseguiu resgatar 4 pessoas. Segundo os sobreviventes, José Cordeiro Bentes, comandante da embarcação, Jessé Felipe de Magalhães, tripulante, e os passageiros David Eduardo Eller e Rubens Cardoso Silva, a embarcação foi colhida por fortes ventos que a teriam feito emborcar, sem dar tempo de vestirem os coletes salva-vidas. Após virar, o barco de 16 metros de comprimento, permaneceu flutuando e foi arrastado pela correnteza. Em seguida, afundou em um local com cerca de 9 metros de profundidade.O corpo do funcionário Ricardo Porto Barcala Batista foi encontrado por mergulhadores, preso no interior da embarcação. Ainda estão desaparecidos o passageiro Paulo César Nardine e a cozinheira Giseli Gomes de Oliveira. ?Por volta das 17h15 de domingo, conseguiu-se retirar a embarcação da água, e não encontramos corpos. As buscas continuam e temos esperança de encontrar vivas as duas pessoas desaparecidas?, disse o comandante do 9º Distrito Naval, almirante Gerson Ravanelli.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.