Navio ancora em Belém com 3 tripulantes mortos

O navio Bonaire, de bandeira do Chipre, ancorou hoje no porto de Belém com três tripulantes mortos e outros quatro em estado grave. Eles teriam ingerido álcool metanol, um produto capaz de causar a morte ou provocar graves consequências no organismo de sobreviventes. A Polícia Federal apreendeu mais de 30 tonéis com metanol que estavam dentro da embarcação, além de deter o comandante.Segundo os tripulantes, o navio navegava da Colômbia para Fortaleza (CE) quando as mortes aconteceram. Os outros quatro envenenados estão internados no hospital da Beneficente Portuguesa, em Belém, dois deles em estado grave, na UTI. Os corpos das três vítimas fatais foram removidos para o IML, onde estão sendo autopsiados. O laudo deve ser divulgado em dez dias.Fred Marrani, gerente da empresa Braz Shipping Marítima Ltda, responsável pelo frete do navio, disse que um grupo de tripulantes ingeriu o metanol por "curiosidade", gostou e bebeu um pouco mais. Essa versão, acrescentou ele, é relatada pelo comandante do navio, o polonês Lewicki Krystof, que, à tarde, foi levado para a Polícia Federal para prestar esclarecimentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.