Navio liberiano terá nova vistoria em Santos

Uma nova vistoria será feita nesta segunda-feira no navio liberiano que chegou a Santos com alguns tripulantes contaminados pela hepatite do tipo ´A´. Para afastar os riscos de uma contaminação, a embarcação foi proibida de atracar no porto. Por causa das condições inadequadas de higiene, cinco dos 21 tripulantes contraíram a doença. Por determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, o navio deverá continuar sem atracar por mais duas semanas. Esse prazo é necessário para que seja feita a divulgação dos resultados dos exames da água de bordo e a de lastro. A Secretaria de Saúde do Santos garante que, apesar do problema, a população não corre nenhum risco de contaminação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.