Neblina fecha aeroportos e atrasa 20% dos voos do País

Segundo a Infraero, houve problemas principalmente nas cidades de São Paulo, Porto Alegre, Curitiba

Tomás Okuda, da Agência Estado, e Bruno Siffredi, do estadão.com.br,

04 de julho de 2010 | 12h09

A neblina em alguns aeroportos do País na manhã deste domingo, 4, contribuiu para gerar atrasos em 20,5% dos 547 voos domésticos programados. Segundo dados da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), havia 112 voos atrasados na atualização feita às 10h. Entre os principais aeroportos do País, as condições de pouso e decolagem são consideradas normais.

 

No Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, a situação de pousos e decolagens é considerada normal, embora 33 voos domésticos (47,8%) de um total de 69 estejam atrasados. Durante a madrugada, entre 0h58 e 3h19, o aeroporto ficou fechado para pousos por causa da neblina. Ao todo, doze voos com destino a Guarulhos foram desviados para outros aeroportos. Nove pousaram no aeroporto de Viracopos, em Campinas, dois no Galeão, no Rio de Janeiro, e um voo foi redirecionado para Belo Horizonte.

 

No Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, no entanto, os pousos de aeronaves foram interrompidos às 6h08 e as decolagens suspensas às 7h15 devido às más condições de visibilidade. O tráfego aéreo só foi restabelecido na capital gaúcha a partir das 9h55, segundo a Infraero. No Salgado Filho estão programados para hoje 22 voos domésticos, dos quais 8 (36,4%) estão atrasados.

 

Em Curitiba, o Aeroporto Internacional Afonso Pena também ficou fechado logo cedo devido à neblina, e nove (43%) dos 21 voos programados pra hoje estão atrasados. A partir das 9h30, o aeroporto foi reaberto, mas as decolagens estão sendo feitas por instrumentos.

 

Já em Fortaleza (CE) o Aeroporto Internacional Pinto Martins está com oito voos atrasados (32%) de um total de 25 programados para hoje. Segundo a Infraero, entretanto, a situação é considerada normal e não há problemas climáticos.

 

Os dados da empresa mostram ainda que 47 voos domésticos (8,6%) foram cancelados neste domingo. Um em Brasília (DF), três em Campinas (SP), sete em Curitiba (PR), um em Fortaleza, um em Macapá (AP), dois em Manaus (AM), um em Natal (RN), um em Navegantes (SC), três em Porto Alegre, um em Porto Velho (RO), três em Recife (PE), 11 no Rio de Janeiro (RJ), dois em Salvador (BA) e dez em São Paulo.

 

A Infraero informa ainda que dos 69 voos internacionais programados para este domingo 12 estão atrasados (17,4%) e seis foram cancelados (8,7%).

Tudo o que sabemos sobre:
neblinaaeroportovoos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.