Negada anulação de processo contra casal que feriu bebê

A Justiça negou o pedido de anulação de parte do processo movido contra Alexandre e Sara Alvarenga, em Campinas, no interior de São Paulo. O advogado do casal, Luiz Henrique Cirilo, alegava contrariedades nos exames feitos pelo Hospital Celso Pierro, que detectaram cocaína no sangue dos dois. O bebê de um ano que foi atirado contra o pára-brisa de um carro pelo pai saiu ontem de casa pela primeira vez. Os avós, que estão com a guarda da criança, levaram o menino ao médico. Segundo o avô, o garoto reconheceu a irmã e os primos. O avô disse que perdoa a atitude dos pais. A irmã, que também foi agredida pelo pai, está recebendo tratamento psicológico.

Agencia Estado,

20 de fevereiro de 2003 | 11h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.