Negada reconsideração de habeas corpus de argentinos

O desembargador federal Paulo Afonso Brum Vaz, do Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, negou novamente o pedido de habeas corpus impetrado pelo advogado dos argentinos Andres Nicola Cano, de 21 anos, e Tomas Ciarrocchi, de 22. Ambos foram presos em flagrante no último dia 9 em Florianópolis, ao tentar trocar uma nota falsa de US$ 100 em um supermercado. Eles continuam detidos na Polícia Federal de Santa Catarina e serão interrogados na tarde da próxima segunda-feira.A Justiça Federal já havia negado os pedidos de relaxamento de prisão e de habeas corpus. Agora negou o pedido de reconsideração do habeas corpus. O desembargador Brum Vaz esclareceu seu posicionamento no parecer: "É de se supor que, postos em liberdade, os acusados retornariam imediatamente ao seu país, frustrando irremediavelmente a instrução criminal".A mãe de um dos rapazes disse ter trocado o dinheiro em um banco argentino. A nota de US$ 100 está sendo analisada na sede da Polícia Federal em Brasília, e o resultado da perícia deve sair na próxima semana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.