Negado habeas-corpus a policiais acusados de extorsão

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Nilson Naves, negou seguimento à liminar em habeas-corpus em favor do cabo da Polícia Militar do Estado de São Paulo G. S. P. e outros três policiais militares. Os réus foram presos em flagrante, no dia 8 de junho de 2003, sob a acusação de exigir dinheiro e mercadorias dos passageiros de um ônibus de sacoleiros.Segundo denúncia do Ministério Público Militar, os acusados abordaram um ônibus procedente do Paraguai. Após a revista, eles exigiram R$ 2 mil dos passageiros para que os mesmos não fossem autuados por contrabando.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.