Nem é transferido para presídio federal em Campo Grande (MS)

Aeronave da Polícia Federal levará Nem, Coelho e Carré para a capital sul-mato-grossense

Ricardo Valota, Central de Notícias

19 Novembro 2011 | 07h39

O traficante Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, foi transferido na manhã deste sábado, 19, para o Presídio Federal de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. O ex-chefe do tráfico de drogas na Rocinha e outros três criminosos deixaram Bangu 1, na zona oeste do Rio, às seis horas.

 

O comboio formado por 11 carros da Secretaria Estadual de Administração Penitenciária e escoltado por 40 inspetores penitenciários levou 45 minutos entre o presídio e o Aeroporto Santos Dumont. Os carros entraram pelo setor de cargas e seguiram direto para a pista. O voo partiu às 8h25.

 

Além de Nem, estavam a bordo os traficantes Valquir Garcia dos Santos, o Carré, e Anderson Rosa Mendonça, o Coelho, e o ex-PM Flávio Melo dos Santos, que fazia a escolta dos dois, quando todos foram presos por agentes federais no último dia 10. No mesmo dia, Nem foi preso por PMs, escondido no porta-malas de um carro.

 

A transferência de Nem e dos outros criminosos foi autorizada pela Justiça Federal, a pedido o Tribunal de Justiça do Rio.

Atualizada às 12h03

Mais conteúdo sobre:
Nem Rocinha Tráfico Bangu

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.