Neve fecha rodovias em SC; no RS, frio aumenta

Ao menos 42 cidades de Santa Catarina tiveram neve; Rio Grande do Sul teve geada forte

Júlio Castro e Elder Ogliari, O Estado de S. Paulo

23 Julho 2013 | 11h01

O acúmulo de neve e gelo provocou o fechamento de estradas em Santa Catarina e fez a Defesa Civil do Estado alertar os motoristas. Até agora, 42 cidades do Estado tiveram ocorrência de neve e 25, de chuva congelada. Telhados desabaram por causa da neve na cidade de Canoinhas. No Rio Grande do Sul,  o frio aumentou, mas a neve diminuiu nesta terça-feira, 23.

Em Palhoça (SC), o maciço Cambirela, montanha com 1.000 metros de altura, às margens da BR-101, amanheceu com seu topo coberto de neve. O último registro de neve na cidade foi há 29 anos, em agosto de 1984. Na subida da serra, cerca de 70 quilômetros de Florianópolis, a Polícia Rodoviária Federal interditou o tráfego da BR-282 por volta das 21 horas da noite de segunda para que fossem evitados acidentes devido ao acúmulo de neve na estrada que corta os municípios de Rancho Queimado, Angelina e Alfredo Wagner.

A neve surpreendeu os moradores de Rio do Sul, maior cidade do alto vale do Rio Itajaí. Blumenau, na localidade do morro do cachorro, também aparece com registro de queda de neve. O fenômeno foi registrado ainda em São Bento do Sul e Mafra, no planalto norte. São Joaquim, no planalto sul, considerada a cidade mais fria do Brasil - a 1.376 metros acima do nível do mar - teve seus termômetros marcando -4ºC na manhã de terça, porém sem registro de neve. A mínima prevista para esta terça na cidade é de -8ºC e a máxima de 2ºC. Na madrugada desta terça, Florianópolis registrou 3ºC. A máxima não vai ultrapassar os 12ºC.

Segundo os meteorologistas da Epagri/Ciram, principal órgão de acompanhamento climático do Estado, a partir desta terça-feira, o centro da onda de ar polar que se aproxima de Santa Catarina vai empurrar a umidade para a direção do oceano. Com isso, a possibilidade de queda de neve é remota para os próximos dias. Mesmo com abertura de sol, as temperaturas serão ainda mais baixas entre terça e quinta-feira, favorecendo o predomínio de intensa geada durante as madrugadas e ao amanhecer.

RS. O frio aumentou, mas a neve diminuiu no Rio Grande do Sul, nesta terça-feira. Segundo boletim do 8º Distrito de Meteorologia, o fenômeno ocorreu em apenas dois municípios da metade sul do Estado, Encruzilhada do Sul e Caçapava do Sul, e teve intensidade fraca. Como nas demais regiões o céu estava limpo, ocorreram geadas, qualificadas como fortes em Bom Jesus e Lagoa Vermelha, no nordeste, moderada em Santana do Livramento, no sul, e fraca em Santa Maria, no centro.

A temperatura mínima da madrugada foi de -4,2ºC em Cambará do Sul, no nordeste. Na segunda-feira, com condições de umidade diferentes, a mínima chegou a -2°C graus, também em Cambará do Sul, e a neve atingiu 12 municípios.

A previsão para os próximos dias indica que a neve não se repetirá. Mas o frio persiste e haverá geadas até sexta-feira. A temperatura pode chegar a -6ºC na madrugada desta quarta-feira.

Mais conteúdo sobre:
neve frio Santa Catarina

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.