Newtão vocaliza desgosto do PMDB: 'Vou quebrar o pau'

A insatisfação do PMDB com o xadrez ministerial armado pela presidente eleita Dilma Rousseff foi verbalizada ontem pelo ex-governador de Minas Newton Cardoso, eleito para seu terceiro mandato na Câmara. Na primeira reunião da bancada com os novos deputados, ele acusou Dilma de "ingratidão" e o PT de levar os melhores ministérios.

Eugênia Lopes e Denise Madueño, O Estado de S.Paulo

02 de dezembro de 2010 | 00h00

"A Dilma na campanha só faltou falar uai. Mas, depois que venceu a eleição com uma diferença de mais de 1,7 milhão de votos em Minas, sumiu do Estado e tirou nossos ministros. Que ingratidão!", disse Newtão, como é conhecido.

Newtão promete liderar a bancada do PMDB contrária ao governo Dilma. "Eu vou quebrar o pau aqui", prometeu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.