Ninguém deve superar Ronaldo Fraga

A São Paulo Fashion Week mal começou, mas dificilmente outro dia desta semana vai superar a qualidade dos desfiles de ontem, que teve no line-up Isabela Capeto, Alexandre Herchcovitch, Do Estilista (Marcelo Sommer), Forum de Tufi Duek e Lino Villaventura. Um dia onde o gene dominante do DNA de cada estilista predominou, mostrando que a crise mundial não está afetando a criatividade da moda para o outono-inverno 2009. Mas nesta temporada ninguém deve superar a emoção provocada por Ronaldo Fraga com a coleção Tudo É Risco de Giz, uma homenagem ao criador do teatro de bonecos Giramundo, Álvaro Apocalypse. Ronaldo trouxe os bonecos-marionetes para a passarela e fez desfilar elegantes modelos sexagenários e crianças fofas, que vestiram uma de suas melhores coleções - especialmente no masculino. O desfile de Ronaldo Fraga começa em branco, com vestidos que brincam com aplicações, e vão virando verdadeiras lousas negras, onde o estilista faz seus rabiscos de giz, e Michael Jackson canta Music and Me - é a mensagem de desamparo e abandono sobre a qual o estilista quer refletir. E, para levantar o moral, suas senhorinhas usam colares com as palavras "Amada" ou "Linda" e vestem, literalmente, sapatinhos de cetim em forma de camisa.Num fashion moment, a exigente plateia da SPFW 2009 aplaudiu de pé.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.