TIAGO QUEIROZ / ESTADÃO
TIAGO QUEIROZ / ESTADÃO

No ano da pandemia, relembre 30 reportagens do 'Estadão' que trouxeram um sopro de esperança

Em meio a tantos momentos difíceis, não faltaram, ainda bem, histórias que trouxeram algum alívio e conforto. Confira a nossa seleção no último dia deste pesado 2020

Giovana Girardi, O Estado de S.Paulo

31 de dezembro de 2020 | 12h12

Foi um ano difícil demais, em aspectos demais. Perdemos pessoas, perdemos empregos, perdemos rotinas, perdemos espaço. O ar nos faltou. A esperança quase desapareceu. Mas em meio a tanto sufoco, e talvez até em reação a ele, também não faltaram histórias incríveis que trouxeram algum alívio e conforto, naquele momento em que tudo o que a gente mais queria era um abraço. Falamos sobre isso, inclusive

Retrospectivas das tragédias que vivemos neste ano você já viu aqui (dos pricipais fatos no mundo), aqui (dos fatos políticos) e aqui, das imagens mais marcantes. Mas para este último dia do ano, resolvemos trazer um conteúdo diferente. Selecionamos 30 matérias inspiradoras que produzimos em 2020, com votos de que em 2021 histórias assim possam prevalecer.

Avanços da ciência nacional

4/3 - Liderado por mulheres, grupo que sequenciou genoma do coronavírus vive fama repentina

O feito rápido dos cientistas brasileiros logo virou tema de debate político. Mensagens de orgulho e de parabéns se somaram às de defesa da pesquisa nacional.

8/3 - Mais mulheres, cada vez mais, fazem ciência no Brasil 

Em 20 anos, presença feminina passou de 35% para 44% entre os pesquisadores que publicam estudos.

24/5 - Pandemia gera movimento raro no Brasil de filantropia para a ciência

Doação ajudou a tirar do papel ventilador pulmonar; Unicamp se organizou para atrair contribuição.

24/7 - Mulheres lideram pesquisa da vacina de Oxford no Brasil; saiba quem são e conheça suas histórias

Centros do estudo no País são chefiados por cientistas do sexo feminino, assim como instituições responsáveis por acordo que pode trazer a produção do imunizante ao País.

22/8 - Pedidos de aval para estudos triplicam no Brasil e motivam força-tarefa

Prazo para autorização de pesquisas com humanos passou de 25 dias para uma semana durante a pandemia.

25/12 - Pesquisa que ficou renegada por anos deu base para a vacina mais eficaz contra coronavírus

Estudiosa do chamado RNA mensageiro, plataforma utilizada nas vacinas da Pfizer/BioNTech e da Moderna, Katalin Karikó passou a maior parte da sua carreira recebendo recusas de financiamento para os seus projetos.

Alentos da economia

Neste ano em que a economia foi piorando enquanto a pandemia avançava, tomou corpo uma noção de que a recuperação, para ser efetiva e duradoura, deve ser feita de um modo novo modo, mais preocupado com os recursos naturais, com o ambiente, de modo a também combater e mitigar as mudanças climáticas. Pensando nisso, o Estadão conduziu o projeto Retomada Verde, que elaborou mais de uma centena de reportagens com essa temática.

Alentos trazidos pela cultura

3/4 - Gilberto Gil: 'A agonia dos que morrem sufocados é minha também'

Aos 77 anos, confinado em Petrópolis, Gil vê a pandemia entre a angústia da tragédia e a esperança de que tanta solidariedade praticada pelas redes sociais ajude a refundar as relações. E cita Caetano: “É preciso estar atento e forte, não temos tempo de temer a morte.”

29/7 - As lives que ficarão para a história da quarentena

Fenômeno começa a fechar um ciclo, com uma queda de 25% nas audiências nacionais segundo levantamento do Google - veja os grandes momentos.

11/8 - Conheça Plinio Fernandes, jovem violonista brasileiro que chegou à Royal Academy of Music

Saído de Itanhaém, na Baixada Santista, ele percorreu um longo caminho até chegar ao famoso conservatório inglês

27/10 - O Billy Elliot da periferia: Com pandemia, jovem bailarino revelado na periferia de SP adia mas não desiste de sonho

Em fevereiro, Wendel Vieira Teles foi assunto de uma reportagem do 'Estadão' por conquistar o direito de se apresentar para olheiros das principais companhias de dança do mundo em Nova York

Curas e tentativa de encontrar conforto em meio à pandemia

4/5 - Eles vieram ao mundo no meio da pandemia

Bebês da quarentena estão vindo ao mundo quando o mundo já não é mais o mesmo - e medidas de isolamento são impostas pela pandemia de coronavírus.

24/5 - Isolado há 2 meses, hospital de SP recebe 'visitas' por muro de vidro

Hospital Premier está em quarentena para evitar entrada do novo coronavírus; funcionários passaram a morar no espaço por tempo integral

20/6 - Antonio e Antonia: casal octogenário foi parar na UTI e sobreviveu à covid-19 

Os dois são do grupo de risco e, após cerca de 15 dias, melhoraram e venceram a doença juntos

7/7 - Universidade brasileira relata tratamento que elimina HIV de paciente

Pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) realizaram um estudo em escala global com pessoas infectadas pelo HIV e conseguiram eliminar o vírus do organismo de um paciente brasileiro de 35 anos que teve o diagnóstico em 2012.

20/8 - Casamento em drive-in é celebrado com salva de buzinadas

Cerimônia foi transmitida em um telão e o áudio do padre, noivos e músicos foi captado por uma frequência de rádio; lugar comportaria 200 automóveis, mas para reforçar o distanciamento entre as baías, a lotação foi de 70 carros

Alentos da educação

20/12 - Com 4,9 milhões sem lição de casa, escolas ‘caçam’ alunos até de canoa

Professores vão às casas de crianças e jovens que perderam o vínculo com os estudos ou não têm acesso à tecnologia; longo fechamento de colégios agrava risco de abandono, sobretudo entre os mais pobres. Longe dos livros, trabalho infantil e gravidez precoce são problemas.

Alentos ambientais

2/7 - Maior tempo em casa leva paulistano a descobrir aves da vizinhança

Moradores relatam terem avistado novas espécies; bióloga chegou a criar um pequeno guia para incentivar prática no prédio em que vive.

27/9 - A jornada de 1,2 mil quilômetros para salvar uma onça No dia 11, o Estadão se deparou com o felino ferido na margem do Rio Corixo Negro, em Poconé, Mato Grosso. Após ser resgatado por ambientalistas, enfrentou 1,2 mil quilômetros em barco, helicóptero e carro, até a sede da ONG Nex no Extinction, em Corumbá de Goiás, a 85 km de Brasília, especializada em salvar animais de porte.

5/12 - Golfinho ameaçado é descoberto em Paraty Pesquisadores da Uerj fazem 1º registro de uma população de toninhas na Baía da Ilha Grande, no sul do Rio, onde fica a Estação Ecológica Tamoios, área protegida que Bolsonaro quer extinguir.

Histórias de solidariedade

15/4 - Paraisópolis: escola vira 'hospital' e ruas têm chefe para monitorar saúde de vizinhos Favela na zona sul de São Paulo adota uma 'estrutura de guerra' para o combate ao novo coronavírus.

25/6 - Com rede de doações e de fiscais voluntários, Paraisópolis reduz infecções de covid

Com ação local, comunidade está conseguindo amenizar a vulnerabilidade no combate à covid.

8/7 - Iniciativas solidárias ajudam comunidades que viviam do turismo

Sem viajar, dá para colaborar: conheça os projetos e saiba como ajudar moradores de lugares como Petar, Vale do Jequetinhonha, Amazonas...

** Entre abril e o fim de julho, selecionamo, semana a semana, boas notícias em tempos de coronavírus – de inspiradores casos de solidariedade até cenas adoráveis. “Para seguirmos fortes, sem perder a delicadeza."

** O pessoal do Emais também fez uma retrospectiva de boas ações do ano.

Alentos trazidos pelo esporte

20/1 - Jogadora surda faz Palmeiras passar a usar sinais em vez de gritos

A jogadora Stefany Krebs é surda. Isso não impediu que chegasse à seleção brasileira de futsal e se tornasse campeã mundial no ano passado. Também não freou o interesse do Palmeiras, que decidiu contratá-la para a equipe profissional com jogadoras que ouvem normalmente. Ela é a primeira surda do time alviverde. 

10/2 - Pesquisa usa o futebol como estímulo para resgatar memórias de pessoas com Alzheimer

Pacientes do Hospital das Clínicas revivem bons momentos do passado em visitas ao Museu do Futebol.

21/6 - ‘Racismo tem de ser combatido diariamente', afirma Érika de Souza

Filha de mãe negra e pai branco, pivô campeã da WNBA alerta para o papel dos atletas para uma sociedade igualitária.

8/11 - Apelidado de 'Hamilton da Favela', piloto da Brasilândia se destaca no automobilismo

Wallace Martins, de 17 anos, conta com doações de adversários para se manter na disputa da Fórmula Vee.

29/12 - Façanha de Aida nos Jogos de Tóquio-64 ganha vigor em ano de luta antirracista

Nos Jogos Olímpicos de Tóquio de 1964, a atleta carioca Aida dos Santos ficou em quarto lugar no salto em altura. Ela competiu sem técnico, uniforme, tênis adequado e intérprete. Era a única mulher em uma delegação de 68 atletas. Quase 60 anos depois, a trajetória olímpica de uma mulher negra e pobre de Niterói (RJ) salta das páginas da história para o cotidiano atual, marcado pela luta contra o racismo e pela busca de igualdade de gênero.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.