No carnaval, motorista deve ter atenção em 7 rodovias federais

Problemas no asfalto, deslizamentos, obras na pista e restrições prejudicam tráfego e exigem atenção redobrada

Fabiana Marchezi, estadao.com.br

20 Fevereiro 2009 | 14h24

Sete das rodovias federais que levam aos roteiros mais procurados para o feriado de carnaval exigem atenção redobrada dos motoristas. De acordo com o Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit), em São Paulo, a BR-459 permanece bloqueada na altura do quilômetro 8,9, no município de Piquete, devido a um deslizamento de terra provocado pelas chuvas. Há desvio na região.   No Rio, a BR-493 flui em meia pista por conta das obras de restauração na ponte sobre o Rio Guaraí, altura do quilômetro 10; na BR-354, que liga o sul do Rio de Janeiro ao sul de Minas Gerais, o trânsito segue em meia pista nos quilômetros 15 e 18 devido às obras de restauração de bueiros. No quilômetro 14, a estrada está sem acostamento, em razão de uma erosão provocada pela chuva. O trecho está sinalizado.     Veja também: Trânsito nas rodovias da Dersa e do DER  Trânsito na Anchieta e Imigrantes     Trânsito na Dutra  Trânsito na Anhangüera e Bandeirantes    Trânsito na Castelo Branco e Raposo Tavares    Em Minas Gerais, na BR-040, rumo ao Rio de Janeiro, o asfalto está desgastado entre Belo Horizonte e Conselheiro Lafaiete. No local, há intensa movimentação de caminhões de minério, que exige cuidado do motorista.   Ainda em Belo Horizonte, rumo à Diamantina, no trecho que vai do trevo de Sete Lagoas ao trevo de Curvelo, o motorista deve ficar atento aos desvios provocados pelas obras de duplicação.   Em Santa Catarina, Estado mais prejudicado pelas chuvas nos últimos meses, não há restrição nas estradas federais. O DNIT pede atenção na BR-101, nos trechos entre Palhoça e a divisa com o Rio Grande do Sul, onde há obras de duplicação.   Já em Pernambuco, na BR-101, em direção às praias e à Olinda, há pequenas restrições, devido às obras de duplicação.

Mais conteúdo sobre:
carnaval 2009 trânsito estradas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.