No Google, Lula ainda supera sua sucessora

Dilma Rousseff ultrapassou Luiz Inácio Lula da Silva em citações no Twitter, mas não na internet em geral. Um termômetro mais abrangente, a quantidade de buscas feitas por uma palavra no Google, mostra que a "criatura" ainda está atrás do "criador" quando se levam em conta as pesquisas feitas pelos nomes de ambos. O do ex-presidente ainda tem 25% a mais de procura na média de 2011.

, O Estado de S.Paulo

15 Agosto 2011 | 00h00

Mas isso se deve ao prestígio que Lula mantém no exterior. É das pesquisas na internet originadas em outros países que ele obtém toda a sua vantagem sobre Dilma. Nas buscas feitas no Google apenas a partir do Brasil, a atual presidente levanta 40% mais curiosidade do que o antecessor. O mesmo acontece nas referências em sites de notícias.

Está dentro do esperado. Como presidente em exercício, Dilma gera mais fatos novos que o antecessor, aparece mais no noticiário e desperta maior interesse dos brasileiros (para o bem e para o mal). Mas Lula surfa na popularidade internacional obtida em 8 anos de mandato e ainda é a principal referência brasileira no exterior, ao menos do ponto de vista dos internautas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.