No Orkut, solidariedade de estranhos e até propaganda

Enquanto as câmeras miravam a janela do apartamento em Santo André, milhares de pessoas acessavam o perfil no Orkut de Eloá - e ali deixavam recados. "Estou torcendo por você. E que esse idiota vá para a cadeia", escreveu uma pessoa. "Não desanime, Deus está com você. Estamos orando", postou outra. "Espero que você saia bem dessa, pois é nova e tem uma linda vida pela frente. Estou assistindo e até agora o que mais me marcou foi você aparecendo na janela e pedindo calma", dizia um outro recado. Cobertura online e todas as notícias sobre o seqüestro A maioria dos recados não parecia ser de amigos ou familiares, mas de gente que acompanhou o caso pela mídia. "Moça, sei você não me conhece, mas agora conheço você - não de uma maneira agradável, mas conheço como todo o Brasil", escreveu um internauta. Foram postados também xingamentos e piadas de mau gosto. Houve quem se aproveitasse da elevada audiência do perfil de Eloá para divulgar seu candidato nas eleições e até para tentar fazer negócio. "Vendo Opala 87 ?novinho?", insistia um internauta. A farra virtual acabou às 15h30, quando alguém - provavelmente um amigo que tinha a senha - bloqueou os recados da página. Nesse instante, os 10.879 recados não puderam mais ser acessados e parte começou a ser apagada.

Edison Veiga, O Estadao de S.Paulo

16 Outubro 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.