No Rio, 17 presos fogem de carceragem da Polícia Civil

Pelo menos 17 presos fugiram na madrugada desta quinta-feira, 5, da carceragem da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) da Polícia Civil, no Grajaú, na zona norte do Rio. A fuga aconteceu por volta das 4 horas e até o começo da tarde apenas dois detentos haviam sido recapturados; um em Maricá, na Região dos Lagos, e outro no Morro dos Macacos, em Vila Isabel (zona norte da capital). Desde o início da manhã, policiais civis faziam incursões na favela em busca de mais fugitivos. Segundo informações, parte deles estaria escondida no Morro dos Macacos, que fica próxima à carceragem da Polinter que funciona na DRE. Por volta das 14 horas, cerca de 50 policias da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) e da Polinter (divisão de capturas da Polícia Civil) realizavam uma operação no local. Sobre as circunstâncias da fuga, a Polícia Civil do Rio informou que vai se manifestar apenas dentro de 15 dias, prazo para a conclusão da sindicância interna aberta nesta quinta.

Agencia Estado,

05 Abril 2007 | 14h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.