No Rio, 18 são presos por tráfico e lavagem de dinheiro

Uma pessoa acusada de participar da quadrilha está foragida; líder foi encontrado em São Paulo

Solange Spigliatti, estadao.com.br

18 Fevereiro 2009 | 13h01

Dezoito pessoas foram presas na manhã desta quarta-feira, 18, acusadas de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. A operação foi feita em conjunto pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro e a pela Polícia Civil de Resende. Foram cumpridos 17 mandados de prisão e mandados de busca e apreensão. O líder da quadrilha, Denílson Benaque Cortate, conhecido como "Carvoeiro", foi encontrado no Vale do Paraíba, em São Paulo. Outras 15 pessoas tiveram a prisão temporária decretada e duas foram presas em flagrante. Uma pessoa ainda está foragida. A ação contou com o apoio da Subsecretaria de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública e do Ministério Público de São Paulo, por meio do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) do Vale do Paraíba. Além dos pedidos de prisão temporária decretados, foram apreendidos diversos documentos que indicam lavagem de dinheiro pelo grupo, bem como uma grande quantidade de maconha, cocaína e crack.

Mais conteúdo sobre:
tráfico de drogas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.