No Rio, 2,8 mil pessoas atingidas pelas chuvas

Campos, no norte fluminense, está em estado de alerta em razão das chuvas que deixaram, anteontem, 436 pessoas desabrigadas. No Estado, os temporais que começaram no sábado atingiram mais de 2.850 pessoas, entre desabrigados e desalojados. O município mais afetado é Rio Bonito, na Região Metropolitana, onde desabamentos de casas mataram uma criança de 3 anos e uma mulher de 23, na terça-feira. Rio Bonito apresenta, segundo a Defesa Civil Estadual, maior risco de alagamentos e deslizamentos. Cinco cidades seguem em situação de emergência: Carapebus, Silva Jardim, Paracambi, Barra do Piraí e Rio Bonito. Está prevista chuva para todo o Estado e moradores devem evitar áreas de encosta. Um trecho da RJ-106, perto de Macaé, está interditado. No Espírito Santo, os alagamentos provocados pela chuva continuam causando transtornos a moradores de pelo menos 11 bairros da região da Grande Vitória. A Defesa Civil alertou a população sobre a previsão de fortes chuvas em diversas regiões do Estado até amanhã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.